A importância das frutas na alimentação diária

fruta-variadaA palavra fruta tem muitos significados diferentes, dependendo do contexto em que se utiliza. Em botânica, um fruto é o ovário e sementes amadurecidas de uma planta em flor, e em muitas espécies, o fruto incorpora o ovário e os tecidos circundantes. Os frutos são assim, em botânica, os meios pelos quais as plantas florescem e disseminam as sementes. Na cozinha, quando os alimentos são denominados frutos, o termo é mais utilizado para designar os frutos de plantas comestíveis, doces e carnudos, e que incluem, como exemplo, ameixas, maçãs e laranjas. Apesar de em culinária a palavra fruta ter uma utilização limitada, um grande número de produtos hortícolas, como nozes ou grãos, são também denominados em botânica como os frutos de várias espécies vegetais. Não existe uma única terminologia que realmente encaixe a enorme variedade que é possível de encontrar entre os frutos das plantas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e com a nova Roda dos Alimentos, devem consumir-se diariamente entre três a cinco porções de fruta, dependendo das necessidades de cada pessoa. É importante consumir diferentes tipos de fruta. A fruta é uma peça fundamental numa alimentação saudável que deve ser consumida diariamente. Estes alimentos fornecem vitaminas, minerais (potássio, zinco, cálcio, magnésio, etc.), diferentes fibras alimentares, compostos protectores (flavenóides) que ajudam a regular o organismo.

Os antioxidantes (vitaminas A, C e E) são nutrientes essenciais na protecção das células, já que combatem a acção dos radicais livres. Em conjunto, estes nutrientes têm propriedades protectoras que fazem da fruta um alimento vital. Porém, e de acordo com a "Balança Alimentar Portuguesa 1990-2003" revelada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), os portugueses apresentam uma dieta alimentar desequilibrada com uma alimentação deficiente em frutos, produtos hortícolas e leguminosas secas. Os números indicam que os portugueses consomem pouco mais de uma peça de fruta por dia. A consequência faz-se sentir com o aumento da obesidade entre as crianças e os jovens e o desenvolvimento das doenças cardiovasculares junto da população adulta.

Ter uma alimentação saudável, onde as frutas estejam presentes, é de extrema importância para que o organismo seja capaz de defender-se de doenças e viroses. A ingestão de vitaminas e de outros nutrientes faz com que o organismo esteja protegido por uma espécie de escudo protetor. Assim, o melhor caminho é ter em atenção que a sua saúde começa pela boca, ou seja, a alimentação é a melhor forma de prevenir preocupações futuras.

Os frutos possuem um alto valor nutricional e possuem geralmente altos índices de fibras, água e vitaminas. A fruta contém também diversos fotoquímicos que são fundamentais para a saúde e preservação dos tecidos celulares e prevenção de doenças relacionadas com a má nutrição. O consumo regular de fruta está associado à redução do risco de cancro, de doenças cardiovasculares, da doença de Alzheimer, cataratas e de alguns dos declínios associados com o envelhecimento.

A vitamina C é rainha das vitaminas, capaz de fortalecer o sistema imunológico. Por isso mesmo é sempre aconselhável incluí-la na alimentação. Pode ser encontrada na laranja, morango, kiwi, limão e outros. A vitamina E também tem um papel relacionado com a defesa do organismo e pode ser encontrada no abacate. A vitamina A é responsável por proteger o organismo das infeções, ao formar uma espécie de barreira contra os vírus. A vitamina A é de grande importância para a pele e olhos e ajuda a manter a saúde dos cabelos. Encontra-se nas frutas amareladas e vegetais verde-escuros: laranja, manga, abacaxi e outras. O complexo B é considerado o grande amigo dos anticorpos que protegem o corpo da invasão de agressores. Encontra-se na laranja e no morango.

Existem, várias razões que nos levam a comer fruta, das quais se destacam:

  • A fruta tem um sabor doce e agradável ao paladar de todos. Pode haver, no entanto frutas que podemos apreciar menos, mas a grande variedade de frutas permite-nos poder escolher.

  • A fruta é essencialmente constituída por água, de 90 a 95%.
  • A fruta não tem mau colesterol, que está presente em muitos dos alimentos que consumimos.
  • A fruta tem um efeito positivo no cérebro humano: estimula a memória. Pensar em cérebros jovens e em crescimento, em quem estuda e na importância da memória faz com que este benefício da fruta tenha efeito na opção pelo aumento do seu consumo.
  • Existe a ideia de que a fruta é cara, o que na verdade é certo, mas se fizermos a comparação com outros alimentos, devemos dar relevância às claras vantagens da fruta na nossa alimentação, e portanto, devemos optar pela substituição de alguns desses alimentos por fruta.
  • Comer fruta diariamente ajuda a manter um peso equilibrado e a prevenir doenças coronárias e cancro.
  • A fruta sendo um alimento rico em fibras é importante na nossa alimentação. Os alimentos ricos em fibra ajudam na luta contra a obesidade, a hipertensão e outros fatores de doença. O consumo de fibras influência, ainda, no funcionamento do sistema digestivo.
  • A fruta age sobre o nosso humor, existindo constituintes na fruta que contribuem para combater a depressão e, a nível mais simples, promovem uma atitude otimista.
  • A fruta é versátil podendo ser consumida e confecionada de várias formas: em sumos de fruta caseiros (se optar por este método, deve consumir o sumo imediatamente, de modo a absorver todas as suas propriedades), puré, batidos, preparar saladas de fruta, misturar com outros alimentos, pode ser cozida, assada, pode-se comer com e sem casaca… enfim, do modo como desejar.
  • Existem, ainda, razões éticas. Para os vegetarianos ou para todos os que acham que nenhum animal deve ser sacrificado para alimentar as pessoas, a fruta é uma boa resposta.
  • E, ainda, existe a vantagem de podermos comer fruta em qualquer lado.

 

Faça a sua parte escolhendo as frutas de sua preferência e delicie-se. Aproveite e aquelas que você ainda não saboreou. E lembre-se prefira as frutas da estação, pois estas possuem maiores quantidades de vitaminas e representam um menor custo. Bom apetite!